O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.

  • A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor";
  • O arquivo da submissão não poderá indenficar o(s) autor(es) e deverá está em formato Microsoft Word;
  • A submisão do artigo científico deverá está de acordo com as diretrizes dos autores, caso contrário serão devolvidas aos autores;
  • Os quadros, tabelas, gráficos, e ilustrações devem apresentar as respectivas legendas, citando a fonte completa e devem seguir as diretrizes apresentadas para os autores;
  • O texto principal do artigo científico segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes aos Autores no menu "Sobre a Revista";
  • O(s) autor (es) se responsabiliza(m) pelo conteúdo do artigo científico submetido à revista e devem anexar durante a submissão: a Declaração de Direito Autoral e autorizando sua publicação caso o artigo seja aprovado; Declaração de Interesse de Conflitos; e a Declaração de Disponibilidade dos Dados, ambos os modelos estão disponíveis nas diretrizes dos autores;
  • Caso haja, conflito de interesse, o(s) autor(es) deve(m) informá-lo em documento próprio assinado e anexado à plataforma de submissão;
  • O(s) autor(es) dever(ão) ser cadastrado(s) durante o processo de submissão do artigo científico;
  • O(s) autor(es) deve(m) utilizar referências nacionais e internacionais relavantes e atualizadas.

MODELO DE ARTIGO: Template

O objetivo da escrita científica é mostrar ao leitor novas ideias de uma pesquisa ou estudo que tenha como características: clareza: uso de palavras e expressões simples; concisão: ato de escrever com o menor número de palavras e de organizar o corpo do artigo com uma estrutura lógica para entendimento do leitor. Visando orientar autores e colaboradores que elaboraram as normas para submissão de um artigo técnico-científico para Revista Interdisciplinar e do Meio Ambiente, assim devemos tomar como base os seguintes itens da estrutura:

1) Título: Máximo de 15 palavras; em negrito; Deve ser claro e objetivo, mostrando o principal resultado do trabalho; Para tanto:(Um título deve ser específico, informativo e breve. Coloque letras maiúsculas nos títulos, mas não em conjunções e artigos.)

2) Autoria: As afiliações devem ser precedidas por números sobrescritos correspondentes à lista de autores. Cada afiliação deve ser executada de forma que a lista completa de afiliações seja um único parágrafo. Será permitido um único autor para correspondência sistema editorial.

A. B. Autor1, D. E. Autor2, and F. G. Autor3

(Liste os autores pelo nome ou inicial seguido do sobrenome e separados por vírgulas. Use números sobrescritos para vincular afiliações e símbolos. Por exemplo: A. S. Vieira1, F. A. Farias2. Autores são indivíduos que contribuíram significativamente para a pesquisa e preparação do artigo.)

1Afiliação para o autor 1.

2Afiliação para o autor2.

3Afiliação para o autor 3.           

Exemplo:

1Professor Universidade Federal de Campina Grande, Brasil (autor correspodente). E-mail: allan.sarmento@ufcg.edu.br. 

2Professor of University Federal of Campina Grande, Brazil. E-mail: wfcuri@yahoo.com.br

3) Resumo, Abstract, Resumen: máximo de 250 palavras; deve apresentar problema, solução e conclusões; sequência de frases concisas e objetivas, contendo: Contextualização: uma ou duas sentenças que identifique onde seu trabalho está inserido dentro da grande área; Lacuna: sentença sobre o que ainda será trabalhado, o que necessita de pesquisa, o que ainda não foi entendido, o que ainda precisa ser estudado nesse campo de pesquisa; Propósito: principal objetivo do trabalho, o que foi feito. Tem que ter ligação com a lacuna; Metodologia: uma ou duas frases discorrendo sobre a metodologia utilizada; Resultados: identifica os principais resultados da pesquisa; Conclusões: como o resultado pode colaborar com o avanço da grande área em relação a sua área de pesquisa. OBS 02: Alguns resumos começam do item Propósito em diante. Três itens devem estar impreterivelmente nesta seção: propósito, resultados e conclusões; Apresentar resumo no idioma diferente do texto principal: português, inglês e espanhol. Ordem de publicação de acordo com idioma do texto principal: Português: Abstract; Inglês: Resumen; Espanhol: Abstract;

(Um bom resumo define a questão geral ou tópico que você está estudando para o leitor comum, fornece informações básicas sobre a questão ou problema específico, descreve resumidamente os dados ou análises principais e descreve os principais resultados e incertezas. Evite acrônimos ou, se usados, defina-os.)

4) Palavras-chave/Keywords/Palabras clave: mínimo de 3 e máximo de 5; essencialmente relevantes e retiradas do texto; não extrair do título;separar as palavras por ponto (.). Exemplo: Competência informacional, Mediação da informação, Inclusão sociodigital. Apresentar palavras-chave no idioma do texto principal.

5) Estrutura do texto principal: Número de páginas: máximo de 25 páginas; Folha: tamanho A4; Margens: 3 cm à esquerda e 2 cm acima, abaixo e à direita; Fonte padrão: TIMES NEW ROMAN: Títulos e subtítulos: tamanho 14 negrito; corpo do texto: tamanho 12 normal; citações diretas longas (mais de três linhas): tamanho 10, com recuo da margem esquerda de 4 cm; sem aspas ou itálico; números de páginas, notas de rodapé e legendas: tamanho 10. Espaçamento: simples; Seções do artigo: tamanho 12 em maiúsculas e em negrito, alinhadas à esquerda. São numeradas. Exemplo: 1. Introdução; 2. Metodologia; 3. Resultados e discussões; 4. Conclusões; Referências.

6) Subseções (apenas um subnível): tamanho 12 pt em minuscúlo e em negrito, alinhadas à esquerda. Já a partir do 3º nível em itálico, em minuscúlo e sem negrito.

7) Detalhamento da estrutura do texto principal:

  • Introdução: justifica e define o problema, anunciando o assunto; resume o assunto e sua importância, apresentando a ideia geral; discute brevemente a abordagem do trabalho, delimitando o tema, encerrando com a apresentação de hipóteses e objetivos; não deve ser extensa e serve para que o leitor possa se familiarizar com o assunto: Contextualização: grande área onde seu trabalho está inserido e qual a importância da grande área. Aqui definem-se termos, jargões etc.); Lacuna: quais questões estão em aberto, quais as limitações ainda são existentes e precisam ser melhoradas;  Propósito: quais os objetivos do trabalho e do estudo.
  • Metodologia: Descreve os detalhes do delineamento da pesquisa e como foi conduzido o estudo. Na elaboração desta seção deve-se: descrever com precisão e rigor os métodos, os materiais, as técnicas e os equipamentos utilizados; fornecer informação sobre os métodos estatísticos utilizados e as transformações de dados, se for o caso; referenciar técnicas e métodos já conhecidos; evitar hipóteses e generalizações quando não estiverem embasadas nos elementos contidos no trabalho.
  • Resultados e Discussão: os resultados obtidos devem ser apresentados de forma precisa e clara; podem ser acompanhados de tabelas, gráficos, quadros ou figuras com valores estatísticos; os dados experimentais obtidos podem ser analisados e relacionados com os principais problemas que existam sobre o assunto, dando subsídios para a conclusão; a discussão deve relacionar causas e efeitos; indicar as aplicações e limitações teóricas dos resultados obtidos; apresentar novas perspectivas para a continuidade da pesquisa; apresentar propostas ou sugestões para novas pesquisas de atuação em determinadas áreas.
  • Conclusões: sintetizar argumentos que confirmam ou negam hipóteses; dar ênfase para o principal resultado; elaborar breve interpretação dos principais resultados; mostrar a importância desses resultados para a grande área do trabalho.
  • Apêndices: textos ou documentos elaborados pelo autor, a fim de complementar sua argumentação; devem ser identificados por letras maiúsculas consecutivas (APÊNDICE A; APÊNDICE B), seguindo a paginação do texto principal e separados do texto por uma folha adicional, com indicação do seu início.

8) Ilustrações: incluem: desenhos, esquemas, fluxogramas, fotografias, gráficos, mapas, organogramas, plantas, quadros, retratos e outros; as ilustrações devem fornecer informações suficientes para que o leitor possa compreendê-las sem a necessidade de uma contribuição significativa do texto; palavras utilizadas nas figuras devem ser idênticas às utilizadas no texto quanto à capitalização, itálico e símbolos; devem se apresentadas na ordem em que aparecem no texto. No caso de serem extensas, enviar em arquivos separados, indicando onde devem ser inseridas no texto; nas ilustrações que contêm mais de uma imagem, identificar cada imagem com letras maiúsculas, por exemplo A, B, C (sem parênteses e sem pontos após as letras) no canto superior esquerdo de cada imagem; posicionar a identificação na parte superior da ilustração, precedida da palavra figura, gráfico, quadro etc., numerada sequencialmente com algarismo arábico, seguida de travessão e respectivo título. Exemplo: Fig. 1. Título; Quadro 1. Título, e assim por diante. No texto para se referir as palavras figuras e tabelas usar caixa baixa conforme o Template.

9) Legenda: breve e objetiva; com notas e outras informações necessárias à sua compreensão; a fonte consultada é indicada na parte inferior, após a ilustração; a fonte é um elemento obrigatório mesmo que seja produção do próprio autor; as fontes deverão constar da seção Referências. OBS 03: a qualidade das figuras é tão importante quanto a qualidade dos dados e resultados apresentados. Recomenda-se simplicidade no decorrer das interpretações; verificar a necessidade de figuras e se é possível colocar as informações em forma de texto; deve haver um equilíbrio entre as informações do texto e das legendas para não serem repetitivas. Exemplo: Template.

10) Tabelas: devem ser autoexplicativas; localizar o mais próximo possível do ponto em que é mencionada pela primeira vez no texto; título no topo precedido da palavra Tabela (1a. letra em maiúsculas), numerada em sequência com algarismos arábicos, seguida de hífen (Tabela 1.) e o título da tabela; preferencialmente em posição vertical; continuação na página seguinte: delimitar por traço horizontal na parte inferior; repetir cabeçalho na página seguinte; indicar com a palavra "continua" na 1ª página; indicar continuação para as demais, conforme anterior; indicar conclusão para a última página; colocar informações sobre a(s) fonte(s) consultada(s) e outras informações e notas necessárias para o entendimento, no rodapé. A(s) fonte(s) deve(rão) constar da seção Referências; usar fios horizontais na base da tabela para separar o conteúdo dos elementos complementares, para separar o cabeçalho do título, e do corpo. Linhas horizontais adicionais podem ser usadas dentro do cabeçalho e do corpo. Não usar linhas verticais; editar em arquivo Word, usando os recursos do menu tabela; Mais informações consulte:  Centro de Documentação e Disseminação de Informações. Normas de apresentação tabular. 3. ed. Rio de Janeiro, 1993. 62p. Exemplo de tabela: Template.

11) Referências e Citações: quando selecionar os trabalhos a serem citados no artigo opte por: trabalhos pioneiros que deram início ao estudo do assunto tratado; trabalhos mais recentes (estado da arte do assunto a ser estudado); trabalhos de impacto publicados na área, em revistas e editoras reconhecidas. Citações mostram da onde vieram as ideias e não os textos. Devem ser interpretadas e escritas com suas próprias palavras. Observar as questões de direitos autorais (plágios e autoplágios). Exemplos das citações no texto: Um autor: Dabas (1998) ou (DABAS, 1998). Dois autores: Gosling e Taylor (2010) ou (GOSLING; TAYLOR, 2009). Três autores: Duke, Ellis e Marshal (2013) ou (DUKE; ELLIS; MARSHAL, 2013); Mais de três autores: Pawson et al. (2004) ou (PAWSON et al., 2004). Autor Entidade: Ibict (2011) ou (IBICT, 2011); Autor desconhecido: Mudanças...(2014) ou (MUDANÇAS..., 2014); Somente referências citadas no texto devem ser listadas em ordem alfabética no final do artigo; usar itálico para títulos de periódicos em artigos, títulos de livros, títulos de eventos etc.; não usar itálico para abreviações em latim, tais como et al., apud tanto nas citações no texto como nas referências; usar letras maiúsculas nas referências para sobrenomes, com os prenomes abreviados, seguidos de ponto (.) e sem espaços. Aplica-se também para autorias de entidades coletivas (entrada pelo título) e título de eventos;

Exemplos:

- Publicações em Meio Eletrônico:

Seguir os mesmos exemplos de livro, capítulo de livro, artigos de periódicos, artigos de jornais, dissertações e teses etc., acrescentando-se no final da referência a informação:

Disponível em: <http://www.dominio/camiho/arquivo.extensão>. Acesso em: dia mês.abr. ANO. E/OU número DOI.

Referência

Deng, A., & Stauffer, D. R.  (2006), On improving 4-km mesoscale model simulations. Journal of Applied Meteorology and Climatology, 45(3), 361–381. doi:10.1175/JAM2341.1

Citação
Cunha (2010) ou (CUNHA, 2010)

Referência
BELKIN, N.J. The cognitive viewpoint in information Science. Journal of Information Science, v. 16, n.1, p.11-15, 1990. DOI: 10.1177/016555159001600104

Citação
Belkin (1990) ou (BELKIN, 1990)

- Livro:

Referência
LEITE, F.C.L. Como gerenciar e ampliar a visibilidade da informação científica brasileira: repositórios institucionais de acesso aberto. Brasília: Ibict, 2009. 120p.

Citação
Leite (2009) ou (LEITE, 2009)

- Capítulo de Livro:

Referência
ROBREDO, J.; VILAN FILHO, J.L. Metrias da informação: história e tendências. In: ______.;
BRÄSCHER, M. (Org.). Passeios pelo bosque da informação: estudos sobre a representação e organização da informação e do conhecimento. Brasília: IBICT, 2010. p.184-258.

Citação
Robredo e Vilan Filho (2010) ou (ROBREDO; VILAN FILHO, 2010)

Referência
TORRES VARGAS, G.A. Modelo de acceso en el medio digital. In:______. El acceso universal a la información, del modelo librario al digital. México: UNAM; Centro Universitario de Investigaciones Bibliotecológicas, 2010. p. 75-87.

Citação
Torres Vargas (2010) ou (TORRES VARGAS, 2010)

- Artigos em Revistas:

Referência

Azevedo, L. G. T., Porto, R. L. L., Porto, M. (1998), Sistema de apoio à decisão para o gerenciamento integrado de quantidade e qualidade da água: metodologia e estudo de caso. Revista Brasileira de Recursos Hídricos, Porto Alegre, v.3, n. 1, p. 21-51. DOI: 10.21168/rbrh.v3n1.p21-51

Citação
Romanos de Tiratel, Giunti e Contardi, (2011) ou (ROMANOS DE TIRATEL; GIUNTI; CONTARDI, 2011)

Referência
MADSEN, D. Interdisciplinarity in the information field. Proceedings of the American Society for Information Science and Technology, v.49, p.1–7, 2012.

Citação
Madsen (2012) ou (MADSEN, 2012)

- Dissertações e Teses:

Referência

Vieira, A. S. (2011), Modelo de simulação qualiquantitativo multiobjetivo para o planejamento integrado dos sistemas de recursos hídricos, 296 p., Tese de Doutorado, Universidade Federal de Campina Grande, acess in: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/xmlui/handle/riufcg/1877. - 18/02/2010.

Citação
Santos Junior(2010) ou (SANTOS JUNIOR, 2010)

Artigos em Jornais

Referência
SUAIDEN, E.J. Diretor do IBICT fala sobre divulgação científica. Jornal da Ciência, São Paulo, 7 fev. 2013. Disponível em: < http://www.jornaldaciencia.org.br/Detalhe.jsp?id=85760> Acesso em: 15 abr. 2014.

Citação Suaiden (2013) ou (SUAIDEN, 2013)

- Eventos Científicos:

Referência
ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 11., 2010, Rio de Janeiro. Anais... Rio de Janeiro: UFRJ, 2010. 1 CD-ROM.

Citação
Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação (2010) ou (ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 2010)

- Trabalho Apresentado em Evento:

Referência
SOUZA, S.H.C. Conectando: um estudo de caso do uso das mídias digitais sociais pela Biblioteca de São Paulo. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE BIBLIOTECONOMIA, DOCUMENTAÇÃO E CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 25., 2013, Florianópolis. Anais. São Paulo: FEBAB, 2013. 14p. DOI:XXXXXXXXX Disponível em: <http://portal.febab.org.br/anais/article/view/1280/1281> Acesso em 15 abr. 2014.

Citação
Souza (2013) ou (SOUZA, 2013)

12) Para outras opções de citação, ou dúvidas sobre as normas editoriais e processo editorial da revista, ou outras questões, verifique o Template da revista ou entre em contato com a equipe editorial.